domingo, 25 de dezembro de 2011

Tek Noir

SÃO PAULO JÁ TEVE AS SUAS MARAVILHAS !!!


 Em 1988 ao regressar da Inglaterra Porps junta-se com Marcus Marsiglia, Ricardo Vergueiro e Alex Mollo para formar uma das primeiras "bandas" totalmente eletrônica do país. Com vocais e 3 tecladistas começaram a tocar em festivais de produção independente com composições próprias e covers de Depeche Mode, Front 242 entre outros. Em 1989, Porps conhece Marc Rhiley, tecladista e fundador do "Tek Noir", duo eletrônico de grande expressão no Brasil, com dois álbuns lançados pela gravadora Estileto sendo o primeiro – "Alternative", produzido pelo inglês Marc Brydon do Cabaret Voltaire. Alguns meses mais tarde, junta-se ao grupo juntamente com Marcus Marsiglia e começam, agora o quarteto, a se apresentar por todo o Brasil. Culminando na abertura do show no Ibirapuera do "Information Society". 
Em 1991, Marc Rhiley e Porps decidem fazer outro projeto, surge então o "Khomand 45"; com composições mais industriais, totalmente EBM (eletronic body music), logo são convidados para participarem da primeira coletânea de música eletrônica brasileira – "Minimal Synths Ethics – Brazilian Electronic compilation" da gravadora "Cri Du Chat" juntamente com bandas como "Harry", "Símbolo" e "Individual Industry". 

2 comentários: